Um bom vídeo é fruto de vários fatores diferentes. Roteiro, cenários, edição etc. Dentre eles, um dos que mais influencia a qualidade técnica é o equipamento usado. Uma câmera para gravar vídeos de baixa qualidade pode arruinar uma filmagem que poderia ser perfeita.

Saber escolher o melhor equipamento pode fazer uma enorme diferença para o seu negócio, sobretudo quando o investimento é grande e o capital pequeno. Para ajudar você z escolher a câmera perfeita, preparamos uma lista com 3 dicas para você acertar na hora da compra. Boa leitura!

1. Defina seu objetivo

A primeira coisa a se definir quando estiver escolhendo uma câmera para gravar vídeos é saber qual vai ser o principal uso dela. As especificações de cada uma fazem com que elas sejam mais adequadas para determinadas condições de gravação. 

Dessa forma, saber quais serão as mais frequentes será muito útil na hora de escolher. A câmera vai ser usada em estúdio num tripé ou para gravação de eventos na mão? Ficar atento às tendências do mercado pode ser muito útil na hora de definir os principais usos da câmera.

Outro fator importante, é a qualidade do vídeo que a câmera é capaz de gravar. Embora possa parecer que quanto maior a qualidade, melhor, nem sempre é o caso. Já é possível achar algumas que gravam em 4k, 8k ou até mesmo melhores. Entretanto, se você trabalha com vídeos para redes sociais, Lembre que o YouTube, por exemplo, exibe vídeos até no máximo 4k e, ainda assim, devido ao tamanho e à velocidade da internet, a maioria dos computadores não usa essa qualidade.

2. Verifique as características do equipamento

Com o objetivo definido, é hora de verificar se as características da câmera atendem as suas necessidades. Saber como cada uma dessas propriedades afeta a qualidade final do produto é essencial para escolher a certa. Separamos aqui os essenciais para facilitar a tomada de decisão.

Em relação ao sensor, a regra de “quanto maior, melhor”, normalmente é válida. Isso se deve ao fato de que quanto maior a área fotossensível, maior a quantidade de luz é capturada por frame. Isso faz a imagem sair melhor, mesmo em condições de baixa luz ou um foco mais próximo. Assim, procure sempre equipamentos full frame.

 Infelizmente, é muito difícil ter uma lente que se aplique a todas as situações, uma vez que seu desempenho varia com a abertura e o nível de zoom. Desse modo, é muito recomendado ter uma mais versátil, principalmente quando se está começando e adquirir lentes especializadas conforme a necessidade.

3. Ajuste ao seu orçamento

Com um investimento que pode variar de menos de mil reais a mais de cem mil, o orçamento é um fator essencial na hora de comprar uma câmera para gravar vídeos. Todo o conhecimento adquirido deve ser aplicado, de modo a saber exatamente o que você quer e avaliar corretamente a relação custo-beneficio. 

Se você está começando, uma câmera mais em conta, como a Mirrorless Alpha A6300 da Sony é um bom investimento e fica por um preço entre três e quatro mil reais. Se já está estabelecido e pretende fazer um investimento maior, a Alpha A7 III pode atender melhor as suas necessidades, mas chega a custar mais de dez mil reais.

Vale ressaltar que o mais importante é ter um equipamento básico de qualidade, aquele que você vai usar para a maioria dos serviços. Caso precise de algo mais para um serviço maior, um cliente exigente ou outra situação, é fácil encontrar locais que ofereçam a locação de câmera para gravar vídeos e demais equipamentos.

Se você quer continuar recebendo dicas do mundo do audiovisual, siga a LZ Filmes no FacebookInstagram e YouTube.

Categorias: Vídeo

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *