Segundo pesquisa do Sebrae, um quarto das empresas fecham as portas antes de completar dois anos de funcionamento. Em grande medida, esse indicador se deve a erros de gestão empresarial. No caso de uma produtora de vídeo, além dos erros mais comuns de gerenciamento, há outros equívocos típicos do nicho de mercado.

Saiba, na continuação do nosso post, os 5 erros de gestão de uma produtora de vídeo mais comuns e como não cair neles!

1. Falta de planejamento estratégico

O maior erro que qualquer empresa pode cometer é de não ter um planejamento estratégico. Um plano de negócios é uma parte fundamental para qualquer empreendimento e sua ausência pode dificultar muito a consolidação e desenvolvimento empresarial. Para uma produtora de vídeos, em especial, essa é uma etapa essencial que pode significar a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Afinal, quando se tem todas as áreas da empresa estruturadas, objetivos de curto, médio e longo prazo, entre outras importantes informações que contam em um plano de negócios, fica mais fácil agir com profissionalismo e consolidar a marca da produtora no mercado.

2. Foco no custo à frente da qualidade

Outro equívoco comum na gestão da produtora de vídeos é priorizar um modelo competitivo com foco no preço em detrimento da qualidade do produto final oferecido. Isso pode gerar uma renda rápida em curtíssimo prazo, porém é extremamente prejudicial à imagem da produtora no mercado.

O ideal é conseguir alcançar um preço competitivo que não reduza a qualidade final do vídeo por meio de melhores programas, otimização de ferramentas, práticas mais eficientes ou saídas criativas de menor custo. Uma produtora acaba consolidando em seus vídeos sua marca no mercado e é procurada devido a isso.

Assim sendo, embora o custo mais barato possa ser um atrativo, não deve ser perseguido se isso for afetar a qualidade final do produto ou serviço oferecido ao cliente, sob o risco de manchar o renome da empresa.

3. Atendimento ao cliente insatisfatório

Hoje, com a internet e com o novo perfil de consumidores e empresas, cada vez mais se busca uma experiência no atendimento ao cliente que crie um relacionamento, um vínculo e que privilegie a empatia, humanização e conexão direta. De fato, a confiança que o atendimento ao cliente gera pode ser mais decisivo na decisão de compra do que no preço do serviço.

4. Erro de gestão de dados

Um problema muito comum e que causa uma péssima impressão, e até mesmo a perda de clientes de uma produtora de vídeos, é a falta de uma gestão de dados eficiente e organizada. Ao lidar com tantas informações, é imprescindível ter cuidado com os documentos, briefing dos clientes, dados catalogados, registros das operações, contratos etc.

Quando a produtora não toma esses cuidados, acaba transparecendo descaso com seus clientes e desorganização interna, que levam a uma quebra de renome e abalo na relação profissional. Uma boa gestão de dados pode se beneficiar tanto de um aprofundamento de know-how do gestor quanto do uso de ferramentas digitais, programas e plataformas que automatizem e centralizem os cadastros de informações. 

5. Desorganização na gestão financeira

Toda a empresa existe para gerar lucro e crescer. Isso se torna impossível sem uma gestão financeira capaz de ordenar os gastos e fazer um plano econômico de crescimento estável e estruturado. Para tanto, é preciso que o gestor da produtora considere o orçamento da sua empresa, os gastos e as receitas.

Cabe, à gestão, fazer um fluxo de caixa para controle das finanças, manter o registro dos custos e despesas, e verificar as necessidades econômicas do negócio para evitar problemas que, com organização, poderiam ser simples de resolver.

A gestão de uma produtora de vídeo, como podemos ver, é algo complexo que exige uma expertise de mercado. É importante saber que esses erros comprometem todo o fluxo do negócio e influenciam diretamente a qualidade do produto final.

Ter atenção ao profissionalismo é um dos principais critérios que os clientes usam para contratar uma produtora. Para saber mais sobre outros parâmetros, veja também nosso artigo sobre como escolher e contratar uma produtora de vídeos!

Categorias: Corporativo

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *